Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

GATA apresenta “As intermitências da morte” no FestiAma

Gata 1 1024 2500
02 Mar

_DSC5507

O Grupo de Teatro Amador de Fão (GATA) apresenta-se no palco do FestiAma – Festival de Teatro Amador de Esposende no próximo fim-de-semana, com a apresentação da peça “As intermitências da morte”.

Os espetáculos terão lugar no Auditório Municipal de Esposende, no dia 7, sábado, às 21h30 e, no dia 8, domingo, às 16h30. Os bilhetes, com um custo de 3 euros, poderão ser adquiridos nas Piscinas Foz do Cávado, na bilheteira online em https://www.esposende2000.pt/pt/43-eventos/ ou, caso ainda existam, no Auditório Municipal, nos dias dos espetáculos, uma hora antes.

Baseada na obra homónima de José Saramago, a peça é a história da morte que só queria ser amada, como coisa natural que é, tal como o nascimento. Uma boa maneira de amar a morte é chorando a sua ausência. É exatamente isso que acontece neste país e que procura manter-se fiel à ironia hilariante do autor e à sua acutilante crítica com um carinho especial para a religião e política. Um país condenado a envelhecer eternamente, um ministro ligeiramente despreocupado, um cardeal honesto, gente oportunista, um povo às portas de uma morte que as fechou a sete chaves - O que pode correr mal? Tudo! Morrer!, quando tiver que ser. Eis a resposta.

A programação do FestiAma inclui, ainda, nos dias 14 e 15 de março, a apresentação do grupo de teatro da JUM - Juventude Unida de Marinhas, com a peça “Ensaio Geral”, de Vitor Gabriel; nos dias 21 e 22, o GATERC - Grupo Amador de Teatro Esposende-Rio Cávado apresenta “Os Gansos”, baseado na peça “Old Saybrook” de Woody Allen; e, por fim, no último fim de semana de março, dias 28 e 29, o grupo Forjães em Cena fará a apresentação de “Eu(Génio)!”, baseado na peça “Gennariello” de Eduardo de Filippo.