Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

783 alunos acompanhados no âmbito de programa Rumo ao Sucesso Escolar em Esposende

Rumo sucesso 1 1024 2500
08 Fevereiro 2019

rumo sucesso 1

O Município de Esposende totalizou, ao longo do primeiro período letivo, um total de 783 intervenções, no âmbito do Projeto Municipal de Combate ao Insucesso Escolar “Rumo ao Sucesso” que se prolonga até abril de 2021 e incidirá sobre os alunos que apresentam dificuldades na aprendizagem.
Dirigido a alunos da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário em situação ou em risco de insucesso e abandono escolar, o projeto visa a melhoria da qualidade das aprendizagens e dos resultados escolares. Está associada a este uma intervenção profunda de combate ao insucesso escolar, compreendendo a intervenção com as famílias e a articulação da ação das escolas e com os diferentes parceiros locais. Segundo a vereadora da Educação, Angélica Cruz, com este Projeto “que está a ser muito acarinhado e apropriado por todas as organizações escolares do nosso território, bem como pelos técnicos afetos ao mesmo, pretende-se combater o insucesso escolar e reduzir as saídas precoces do sistema educativo, promovendo o reforço das aprendizagens e o desenvolvimento de competências, potenciando uma relação positiva com a escola ”.
Em Esposende, o projeto municipal de combate ao insucesso escolar está estruturado em três subprojetos: “Núcleo de intervenção com os alunos e as famílias”, “Clubes de motivação e ativação de competências” e “Educação pela arte”.
As oficinas/clubes encontram-se em funcionamento desde meados de outubro, registando a frequência de 100 alunos no Clube de Karaté, 37 no Clube Mais Capacidade (que compreende Xadrez e Jogos Matemáticos), 241 no Centro de Recursos Digitais e no Clube de Competências Digitais. Os restantes alunos dividem-se pelos Clubes de Ciências Experimentais (60) e pelas Oficinas de Música, Dança e Teatro (262).
No projeto de intervenção com os alunos e as famílias, foram identificados 108 alunos e avaliados 83, ao nível das valências de Psicologia e de Terapia da Fala.
Nesta primeira avaliação da fase de implementação do projeto Rumo ao Sucesso, merece destaque o elevado número de intervenções, salientando-se o bom acolhimento e integração dos profissionais nas Unidades Orgânicas e uma excelente relação estabelecida com as comunidades educativas.
Realce, ainda, para o modelo de coadjuvação pedagógica, implementado no Centro de Recursos Digitais, alcançando maiores índices de assiduidade dos alunos e promovendo a maior articulação com a componente curricular.
Estes resultados foram apresentados às direções dos Agrupamentos de Escolas António Correia de Oliveira, António Rodrigues Sampaio e Escola Secundária com 3º Ciclo Henrique Medina, altura que serviu para a redefinição de estratégias de intervenção.
Ainda no âmbito da avaliação a esta fase de implementação do projeto Rumo ao Sucesso, Angélica Cruz participou na reunião do Conselho de Vereadores com Pelouro de Educação da CIM Cávado da qual resultou uma avaliação muito satisfatória, ao nível de execução dos projetos.
O conselho de vereadores destacou o contributo destes projetos para a promoção da escola inclusiva e a valorização da diversidade de metodologias no processo de ensino-aprendizagem, atendendo à adequabilidade das intervenções aos contextos específicos e às necessidades dos alunos.
Resta ressalvar que o Projeto Rumo ao Sucesso se enquadra nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, referentes à Erradicação da Pobreza, Educação de Qualidade, Igualdade de Género, Redução das Desigualdades, Cidades e Comunidades Sustentáveis e Parcerias para a Implementação dos Objetivos, e nos Princípios subjacentes ao Perfil dos Alunos para o Século XXI, designadamente Um perfil de Base Humanista, a Inclusão como Requisito de Educação, o Desenvolvimento Sustentável e a Valorização do Saber.