Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

“Ecos do Caminho de Santiago” em exposição no Centro de Informação Turística de Esposende

20230417_084409_2
20230920_114021
20240121_111621
20240318_090033
14 Junho 2024

“Ecos do Caminho de Santiago” é como se intitula a exposição que vai estar patente no Centro de Informação Turística (CIT) de Esposende, de 15 de junho a 25 de julho.

Da autoria de Vitor Machado, a mostra resulta da fusão entre a arte contemporânea e a tradição milenar do Caminho de Santiago. É composta por obras que personificam a essência da jornada rumo à cidade de Santiago de Compostela e celebra a riqueza cultural e espiritual da tradição milenar desta peregrinação.

O ponto central desta exposição são as esculturas que transmitem os diversos momentos e emoções vividas ao longo do Caminho. O material utilizado são, sobretudo, seixos recolhidos na costa de Esposende, combinados com elementos metálicos, muitas vezes provenientes de objetos reutilizados, numa alusão aos objetos encontrados ao longo da trajetória dos peregrinos.

Cada escultura é uma narrativa visual por si só, contando histórias de determinação, fé e descoberta. Os seixos, fruto da erosão, representam a passagem do tempo e a jornada percorrida pelos peregrinos. Os elementos metálicos, com formas distintas e texturas variadas, simbolizam os desafios superados e os laços criados entre os caminhantes.

Ao percorrer a exposição, os visitantes são convidados a mergulhar na atmosfera única do Caminho de Santiago. Cada obra convoca reflexões sobre a própria jornada pessoal. As esculturas, apesar de estáticas, parecem pulsar com a energia dos peregrinos que as inspiraram.

A mostra poderá ser visitada no horário de normal funcionamento do CIT, ou seja, de segunda-feira a sábado, das 9h00 às 17h00.

Esta ação enquadra-se no Plano de Ação para a Sustentabilidade, Crescimento e Competitividade do Turismo em Esposende – 2023_2027 e insere-se no âmbito das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.