Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende garante apoio especializado aos cuidadores informais

Cuidadores 1 1024 2500
17 Julho 2020

DSC02022AA_ (003)

O Município de Esposende vai avançar com um projeto de apoio especializado dirigido aos cuidadores informais, designado “Cuidar de Quem Cuida”, através de um protocolo a estabelecer com o Centro de Assistência Social à Terceira Idade e Infância de Sanguêdo (CASTIIS), conforme deliberação aprovada em reunião de câmara, por unanimidade.

Os principais objetivos passam por promover respostas de apoio especializado aos cuidadores informais de pessoas com demência ou em situação de pós-AVC. Assente numa lógica de cooperação intermunicipal e de multidisciplinaridade entre profissionais de diversos parceiros da área social e da saúde, o projeto assenta em cinco linhas de ação: grupos de intervenção psicoeducativa; bolsa de cuidadores formais com formação complementar; dinamização das redes de voluntariado locais; serviços de descanso ao cuidador e fóruns de discussão. Está prevista a criação de um Grupo de Ajuda Mútua, decorrente do Programa Psicoeducativo, bem assim como de um Gabinete de Apoio ao Cuidador.

“Atendendo a que não existe no território concelhio uma resposta de apoio especializado aos cuidadores informais, este projeto afigura-se como uma resposta da maior relevância na promoção da qualidade de vida destas pessoas, e, por consequência, dos seus familiares e das pessoas cuidadas”, assinala o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, notando que “é mais um complemento ao vasto trabalho que vem sendo desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende”.

“As rápidas mudanças sociais e as novas problemáticas resultantes do envelhecimento da população têm conduzido a uma transformação do perfil das necessidades já existentes, impondo-se uma reformulação profunda das respostas sociais, em novos formatos e modelos técnicos de intervenção, mais diferenciada, com maior especialização e maior integração institucional”, refere, ainda, o autarca, acrescentando que “neste contexto, Esposende não poderia deixar passar esta oportunidade tendo em conta a mais-valia que este projeto representa”.

O “Cuidar de Quem Cuida” é um projeto reconhecido como uma iniciativa de empreendedorismo social inovadora, sobretudo pela capacitação de técnicos de instituições locais para a intervenção, em rede, junto de cuidadores informais. Em janeiro de 2019, foi aprovado como Titulo de Impacto Social (TIS), um dos quatro instrumentos de financiamento da iniciativa Portugal Inovação Social. Atualmente, o projeto conta com a parceria do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde, a Administração Central do Sistema de Saúde I.P. (ACSS) e a MAZE, sendo promovida e financiada pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela José de Mello Saúde e implementada pelo CASTIIS, prevendo-se a capacitação de um total de 15 municípios.

Este projeto constitui mais um significativo contributo do Município de Esposende para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e das metas da Agenda 2030 das Nações Unidas.