Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Loja Social de Esposende quer chegar às famílias mais vulneráveis

Rede colaborativa 1 1024 2500
12 Maio 2020

 

O Município de Esposende acaba de lançar o Projeto REDE + COLABORATIVA, desenvolvido no âmbito da Loja Social, para acompanhamento das famílias mais carenciadas. Acessível através do link https://forms.gle/1H1TCAjUGJirrxMdA, esta nova ferramenta pretende contribuir para que as famílias possam resistir e ultrapassar as difíceis circunstâncias atuais, decorrentes da instabilidade laboral causada pela pandemia COVID-19.
Assim, e de forma a prosseguir com o trabalho desencadeado no âmbito da Rede Social, na minimização dos efeitos junto da comunidade mais vulnerável e desfavorecida do concelho de Esposende, a Loja Social de Esposende prossegue numa lógica de intervenção articulada e integrada de entidades com responsabilidade no desenvolvimento da ação social.
Dessa intervenção resulta o acesso a bens de primeira necessidade, por parte das famílias do concelho que comprovadamente apresentem uma situação de carências económicas, bem como a possibilidade de troca de todo o tipo de bens dirigida à comunidade em geral.
Sustentando-se em pilares como a solidariedade, a sustentabilidade e a cidadania, a intervenção da Loja Social tem sido preponderante na consciencialização da comunidade para o combate ao desperdício, para o reaproveitamento e reutilização de bens, constituindo-se um complemento à intervenção social local, que visa, sobretudo, rentabilizar os bens disponíveis e eliminar eventuais sobreposições na intervenção social.
O Projeto REDE + COLABORATIVA traduz-se no propósito de se alcançar um maior número de pessoas e famílias que possam vir a beneficiar desta resposta, e, assim, atenuar a sua situação de vulnerabilidade económica.
As instituições que integram a Rede Social de Esposende podem articular com a Loja Social de modo a potenciar a resposta social aos cidadãos e as famílias, bem como a garantir a harmonização das iniciativas desenvolvidas pelas diferentes parcerias que intervém no território.
Esta iniciativa vem de encontro ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentado (ODS), em especial no que diz respeito ao combate à pobreza, à promoção de uma vida mais digna e, também, a uma melhor gestão de recursos.
Novo horário
Na sequência do levantamento das medidas de confinamento estamos a preparar o regresso dos serviços à normalidade possível, o que tem implicado todo um conjunto de ações que envolvem, nomeadamente, a preparação dos espaços e a aquisição de todos os meios necessários de proteção individual e coletiva e, também, a reformulação dos dias e horários de atendimento ao público.
Assim, informa-se que o horário de atendimento ao público, a partir do próximo dia 19 de maio, será mais alargado, efetuando-se às terça, quinta feira e sábado, no horário das 10h00 às 12h00 e das 14h30 às 18h00, e com encerramento ao público à segunda feira e domingo para descanso dos colaboradores.
O atendimento será limitado a 5 pessoas, em simultâneo nas instalações, com uso obrigatório de máscara e luvas, permitindo o distanciamento físico, sendo que as restantes pessoas aguardarão no exterior do edifício.