Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Loja Social de Esposende reforça a sua ação nesta fase de pandemia

Loja social  1 1024 2500
21 Abril 2020

loja social (002)

A Loja Social de Esposende tem tido um papel fundamental em todo o trabalho que tem sido realizado pelo Município de Esposende e pelos seus parceiros da Rede Social no combate à pandemia por COVID-19, nomeadamente na minimização dos seus efeitos junto da comunidade mais vulnerável e desfavorecida do concelho.

Com a colaboração das equipas técnicas que, no terreno, acompanham as famílias com mais dificuldades, foi possível a obtenção de informação relevante sobre as suas reais necessidades e, assim, definir circuitos de entrega de bens essenciais, procedimento que tem contado com o apoio da Cruz Vermelha de Marinhas.

Num verdadeiro trabalho em parceria, também as Juntas de Freguesia têm sido fundamentais na identificação dos casos a considerar nesta atribuição de bens, seja pelas dificuldades que as famílias enfrentam, seja também por força do isolamento em que muitas se encontram.

Para além deste valioso e imprescindível trabalho, a equipa da Loja Social também foi responsável pela preparação e disponibilização de parte do material que foi colocado nas Zonas de Concentração e Alojamento das Populações (ZCAP), destinadas ao acolhimento e alojamento temporário da população que, por razão de risco de contração da doença ou de propagação da contaminação, têm de ser evacuados das suas residências habituais. Tratam-se de materiais como colchões, cobertores e lençóis e, ainda, produtos de higiene pessoal.

Em todo este processo ficou, uma vez mais, patente a enorme importância da Loja Social para a comunidade local. Com essa convicção, a Câmara Municipal de Esposende vai, de imediato, concretizar a obra que permitirá a anunciada mudança de instalações, que se manterão na Zona Industrial de Palmeira de Faro, na Avenida de Palmeira, junto à EN 103-1. A relocalização das instalações da Loja Social corresponde a um investimento de 90.100 euros, sendo que os trabalhos têm um prazo de execução de quatro meses.

No novo edifício, composto por dois pisos, com uma área global bastante superior à do edifício atual, manter-se-ão as valências existentes, designadamente zonas de exposição para alimentos, vestuário com provadores, calçado, mobiliário, brinquedos, material didático, puericultura; zonas de armazém; receção/triagem dos produtos; atendimento; zona infantil; e gabinete de trabalho/reuniões. Além destas áreas, as novas instalações disporão de zona de descanso para os funcionários/colaboradores e de uma bancada de trabalho para limpeza dos produtos rececionados.

O Presidente da Camara Municipal, Benjamim Pereira, refere que “a mudança de instalações possibilitará o desenvolvimento de outras dinâmicas deste projeto, criado no âmbito da Rede Social do concelho de Esposende e que se distingue pelo trabalho em rede, na procura da melhoria das condições de vida da comunidade mais vulnerável”.

A Loja Social tem-se afirmado como uma iniciativa de elevado potencial de empreendedorismo social, promovendo respostas inovadoras e sustentáveis para a resolução de problemas importantes da comunidade. Esta rede de partilha permite não só apoiar as famílias com vulnerabilidades sociais, como se tem registado nesta fase pandémica, mas também aquelas que, com preocupações ambientais e económicas, acedem a este equipamento, através da doação e do processo da troca por troca, entregando os bens de que não têm necessidade por aqueles dos quais têm necessidade. No decorrer da intervenção, e com a integração de novas respostas, tem-se potenciado o envolvimento da sociedade civil na procura de instrumentos de melhoria do bem-estar social, contribuindo-se para o desenvolvimento de um espírito de solidariedade e responsabilidade social, que torna este equipamento mais próximo e útil aos seus utilizadores.

Reflexo desta dinâmica, a Loja Social tem alcançado o reconhecimento de várias instituições. Em 2014, foi distinguida como iniciativa IES+ (Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social) no Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social (MIES) de Portugal; em janeiro de 2016 recebeu uma Menção Honrosa, na categoria Inovação e Sustentabilidade, pela Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES), no âmbito da 4.ª edição do Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio; e em novembro de 2018, foi reconhecida pelo Prémio Portugal Inovador Social da Fundação Manuel António da Mota. Em 2019, viu aprovada a candidatura ao instrumento de financiamento Capacitação para o Investimento Social do Portugal Inovação Social.