Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Biblioteca Municipal de Esposende com balanço de 2023 muito positivo

12 Jan 2024

A Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, de Esposende, registou uma assinalável dinâmica em 2023, envolvendo em torno deste equipamento cultural e das suas atividades elevado número de público, de todas as faixas etárias.

Instalada na centenária Casa do Arco, no centro histórico da cidade, a Biblioteca Municipal, em atividade desde 1992 e com instalações renovadas em 2022, tem assumido, ao longo dos anos, um papel único na promoção da leitura pública e de acesso livre, gratuito e universal ao conhecimento.

No ano de 2023, este equipamento promoveu um conjunto de iniciativas com forte adesão da comunidade, prestando verdadeiro serviço público, dando cumprimento às metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

Do vasto programa de ações que a Biblioteca desenvolve, algumas são de continuidade, tendo-se tornado regulares ao longo dos anos, como as Bibliotecas de Praia, a Catraia de Livros ou o Natal dos Leitores. Outras, como os encontros com autores, os lançamentos de livros e o Conviver com a poesia são decorrentes de novos desafios que vão surgindo, a que a Biblioteca Municipal responde e a comunidade acolhe com gosto. Contudo, a atividade da Biblioteca não se esgota nestas iniciativas, sendo de realçar a aposta editorial do Município, nomeadamente na reedição crítica da obra do escritor Manuel de Boaventura e na coordenação editorial do Boletim Cultural de Esposende. Merece, ainda, referência o Prémio Literário Manuel de Boaventura, de caráter bienal, instituído com o intuito de homenagear e divulgar este escritor e homem de cultura esposendense.

Entre os nomes maiores que passaram pela Biblioteca ou pela Feira do Livro (Catraia de Livros) na edição de 2023, destaque para Pedro Abrunhosa, José Rodrigues dos Santos, João Tordo, Pedro Lamares, Álvaro Laborinho Lúcio, Mónica Baldaque, Onésimo Teotónio Almeida e Filipa Martins, para além de muitos ilustradores e contadores de histórias, como Rachel Caiano, bem como alguns investigadores reconhecidos, como Cândido de Oliveira Martins, entre outros.

O ano de 2023 fica igualmente marcado pela evocação do cinquentenário da morte de Manuel Boaventura, com a projeção de um documentário e o lançamento de um livro que reúne textos dispersos e anotações do escritor, edição coordenada por Manuel Albino Penteado Neiva.

Também no último ano, a Biblioteca assinalou o retomar do Bibliomóvel, dirigido especialmente para crianças da educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico, bem como Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) com valências para crianças e idosos, tendo registado, só nos meses de outubro e dezembro, cerca de mil empréstimos.

Referência, ainda, para a reabertura, após requalificação, do Polo de Leitura de Forjães e para o retomar do Serviço Educativo para crianças até aos 5 anos, através da rubrica “Conta-me uma História”, que decorre mensalmente na Biblioteca Municipal e no Polo de leitura de Forjães, e que registou, só no último trimestre de 2023, a participação de cerca de 600 crianças.

O relatório dá conta também de muitos dados numéricos que traduzem a dinâmica da Biblioteca Municipal e a evolução dos hábitos de leitura no concelho de Esposende: 17 334 pessoas participaram nas atividades promovidas e 16 063 utilizaram os serviços presenciais da biblioteca municipal.

Mas é no número de empréstimos de livros para leitura domiciliária que se pode verificar a evolução dos serviços de leitura. Tendo por base o ano de 2008, em que foi iniciado o Natal dos Leitores, iniciativa que distingue os melhores leitores do ano, os números atestam um forte crescimento: em 2008 foram registados 4453 empréstimos e, em 2023, o número ascendeu a 11 341 empréstimos. Os dados mostram também que a AquaLibri - Biblioteca Digital do Cávado registou 3186 acessos diretamente na plataforma.

As bibliotecas municipais têm também uma missão social, que nem sempre é valorizada. Se a Biblioteca Municipal de Esposende emprestou 11 341 livros e considerando o preço médio de 13.79 euros por livros (valor apurado pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros), este volume de empréstimos traduz uma poupança de 156.38 mil euros para os esposendenses.

1
2
3
4
5
6
7
8