Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende Cuida + de quem cuida

Banco Local de VoluntariadoPlaneamentoRede Social de EsposendeSaude
Cuidar  2 1 1024 2500
05 Novembro 2021

 

Assinala-se, hoje, dia 5 de novembro, o Dia Mundial do Cuidador Informal.
A valorização dos cuidadores informais está contemplada nas políticas de Coesão Social do município de Esposende, através da implementação de projetos que visam a consciencialização da sociedade para a sua importância e, através da concertação de esforços, seja possível potenciar ganhos em saúde, quer para as pessoas que cuidam, quer para as pessoas que são cuidadas.
Os/as cuidadores/as informais deparam-se, diariamente, com exigências decorrentes do ato de cuidar que englobam desde os aspetos emocionais aos instrumentais, aos quais têm de dar resposta, ocasionando, muitas vezes, uma sobrecarga com o consequente desgaste que lhe é inerente.
O Município de Esposende tem promovido uma ação articulada, numa lógica de intervenção integrada nas diversas áreas de atuação, através da criação de parcerias estratégicas com vista a proporcionar respostas de proximidade e inovadoras às problemáticas emergentes, no âmbito do CUIDAR +.
Com o propósito de criar uma rede de suporte formal aos/às cuidadores/as informais no concelho e, proporcionalmente, promover a melhoria da qualidade de vida destes/as e ainda, das pessoas cuidadas, o Município de Esposende estabeleceu um protocolo de colaboração com o Centro de Assistência Social à Terceira Idade e Infância de Sanguêdo (CASTIS), com o intuito de ser implementado o Projeto Cuidar de Quem Cuida(CQC).
No decurso da implementação do CQC, o Município de Esposende disponibiliza aos e às cuidadores/as informais um serviço específico, sediado no Gabinete de Apoio ao Cuidador (GAC) e que faculta o acesso a um conjunto de medidas de apoio e direitos de diversa natureza, além de disponibilizar o apoio psicológico gratuito. O GAC funciona nas instalações da Divisão da Coesão e Desenvolvimento Social e a equipa técnica pode ser contactada através do 937630860 ou do e-mail accaosocial@cm-esposende.pt
Em termos de serviços, em outubro arrancou o primeiro Grupo Psicoeducativo dirigido a cuidadores/as informais de pessoas com demência, com encontros quinzenais, aos sábados de manhã, das 09h30m às 11h30m, nas instalações da Casa da Juventude de Esposende.
Ainda por via das parcerias estratégicas que têm sido firmadas para proporcionar respostas de proximidade e inovadoras às problemáticas emergentes (instrumentos indispensáveis de melhoria da qualidade de vida das pessoas cuidadas), em 2018, através do protocolo assinado entre a Câmara Municipal de Esposende, a Associação Alzheimer Portugal, a empresa Sierra Portugal, S.A. e o Centro Social da Juventude Unida das Marinhas (CJUM) foi criado o Café Memória Esposende, espaço destinado a pessoas com problemas de memória ou demência, bem como os respetivos familiares e cuidadores, para partilha de experiências e suporte mútuo, com o acompanhamento de profissionais de saúde ou de ação social.
Já em 2019, através da parceria estabelecida entre a Casa de Saúde S. João de Deus, em Barcelos, e a Câmara Municipal de Esposende, numa candidatura conjunta ao Portugal Inovação Social - Parcerias para o Impacto, chegou a Esposende o CuiDando, projeto de intervenção comunitária, direcionada a pessoas com doença mental.
Este projeto, assente numa unidade móvel de apoio domiciliário integrado, na área da saúde mental, com uma metodologia de Gestão de Caso, perspetiva contribuir para que as pessoas com doença mental sejam capazes de viver no seu próprio domicílio, apoiadas e integradas do ponto de vista socioprofissional, com o melhor nível de qualidade de vida. No território de Esposende, esta resposta tem uma capacidade instalada de 15 pessoas, acompanhadas permanentemente pela equipa.
O Município de Esposende, com vista ao cumprimento dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) tem vindo a materializar as políticas sociais, através do compromisso com as instituições, concretizando um conjunto de mecanismos e ações que o coloca num projeto em parceria e de trabalho em rede, para prevenir, atenuar ou erradicar situações de pobreza e exclusão, bem como promover o desenvolvimento social local.