Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Coro de Pequenos Cantores de Esposende grava segundo disco

Cpce disconovo 1 1024 2500
10 Out
O Coro de Pequenos Cantores de Esposende vai editar um novo trabalho discográfico, cujas gravações ocorrerão na Igreja do Bom Jesus, em Fão, durante os dois próximos fins-de-semana.
O Coro de Pequenos Cantores de Esposende vai editar um novo trabalho discográfico, cujas gravações ocorrerão na Igreja do Bom Jesus, em Fão, durante os dois próximos fins-de-semana.

O disco, com lançamento previsto para dezembro, será integralmente preenchido com obras de temática natalícia, compostas por compositores portugueses contemporâneos de diferentes gerações, como Frederico de Freitas, Croner de Vasconcelos, Fernando Lopes-Graça, Paulo Bastos e Osvaldo Fernandes. De destacar que as obras dos compositores Paulo Bastos (Três Poemas de Natal) e Osvaldo Fernandes (Ciclo de Natal Português e Tempo de Natal) foram dedicadas ao CPCE.

A gravação do disco será conduzida pela diretora coral Helena Venda Lima, contando com a participação dos músicos André Silva (percussão) e Diogo Zão (piano e órgão).

A edição deste trabalho discográfico insere-se no âmbito dos princípios estruturantes que presidiram à criação do projeto do Coro de Pequenos Cantores de Esposende, que passam pela formação global de crianças e jovens e do público, através do contacto com um produto de qualidade artística, com uma linguagem musical erudita de diferentes raízes, e com as mais elevadas referências na área da composição e musicologia. Para além disso, o CPCE tem contribuído para a divulgação da música portuguesa escrita para coro de crianças, atendendo a que o primeiro disco “Mudam-se os tempos”, gravado em 2013, foi também integralmente composto por obras de autores portugueses, sendo ainda um motor impulsionador para a nova produção nacional contemporânea de obras para este tipo de formação.

O Coro de Pequenos Cantores de Esposende surgiu em 2009, em resultado de uma parceria entre a Câmara Municipal e a Escola de Música de Esposende, numa clara intenção de educar pela arte, integrando atualmente cerca de 70 crianças. Desde a sua fundação, e sempre numa evolução contínua assinalável, o Coro tem atuado em vários locais da zona norte do país, mas também em espaços de relevância cultural nacional, como o Centro Cultural de Belém ou a Casa da Música do Porto. Já se apresentou com o decateto de metais Portuguese Brass, com a Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins e com a Banda de Música de Antas.