Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Fique em casa!

Inst 1 1024 2500
21 Jan


Município de Esposende adota novas medidas de combate à Covid-19

20210120_164107
Os casos de contágio da COVID-19 não param de aumentar no concelho de Esposende, apesar das condicionantes impostas pelo Estado de Emergência e pelo confinamento.
O Município de Esposende tem desencadeado todos os mecanismos que tem ao seu dispor, substituindo, em certas alturas, o próprio Estado, para minimizar as carências no socorro à população com atos concretos de fornecimento de meios e equipamentos às instituições, corporações de bombeiros, Cruz Vermelha e forças de segurança. Paralelamente, tem desenvolvido uma intensa campanha de sensibilização, em colaboração com as instituições locais.
Porém, os casos de contágio da COVID-19 não param de aumentar e perspetiva-se que venham a ser atingidos números inusitados.
Cumprindo as determinações expressas no Decreto n.º 3-B/2021, de 19 de janeiro que altera a regulamentação do estado de emergência decretado pelo Presidente da República, o Município de Esposende procedeu à interdição dos espaços públicos de lazer.
Fica, assim, interdito o acesso à Ecovia do Litoral Norte (desde Apúlia a Antas, incluindo o percurso da margem do rio Neiva), Ecovia do Cávado, Zona Ribeirinha de Esposende, marginal de Ofir, frente marítima de Apúlia, e recintos de S. Lourenço, em Vila Chã, e da Senhora da Guia, em Belinho. A interdição abrange também todos os parques infantis públicos do concelho e os equipamentos para a prática de desporto e similares, como os parques fitness, o Power Station e o Skatepark de Esposende, além de bancos de jardim, jardins e demais espaços verdes e de lazer.
Todos os espaços encerrados estão devidamente assinalados com fitas inibidoras de utilização e com afixação de cartazes informativos desta proibição.
Reforçando a informação dos munícipes, foi lançada uma nova campanha de sensibilização que pretende alertar para a necessidade de todos se entregarem num último esforço. Um esforço que pode salvar vidas.
E lembramos que, além do risco de vida que uma conduta negligente pode propiciar, o incumprimento das regras implica multas avultadas.
Por isso:
Siga as recomendações das autoridades de saúde e, perante sintomas de febre, dores de cabeça ou dores de garganta, ligue para a Linha Saúde 24 – 808 24 24 24.
Não frequente espaços públicos, nem contacte com outras pessoas;
Esta é uma luta sem tréguas, para a qual o Município de Esposende apela ao bom senso de todos.