Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende acolheu primeira prova de Ori-Trail

 dsc9152 1 1024 2500
11 Fev

_DSC9142

Cerca de 150 atletas participaram, no passado sábado, dia 8 de fevereiro, no I Ori-Trail de Esposende, prova organizada conjuntamente pela Câmara Municipal de Esposende e pela associação Amigos da Montanha. Esta modalidade pratica-se por equipas, podendo ser disputada em BTT ou pedestre, tendo Esposende acolhido as duas variantes.
Nesta modalidade, os atletas recebem um mapa onde estão marcados os pontos de controlo. Depois de estudarem o mapa, os participantes idealizam a forma de controlar o máximo de pontos, durante as quatro horas disponíveis.
Os pontos de controlo foram colocados nas matas envolventes da freguesia de Vila Chã, com partida e chegada a acontecerem no Castro de S. Lourenço.
De todo o país vieram as equipas que conferiram um colorido diferente à arriba fóssil sobranceira à cidade de Esposende, com os participantes a procurarem os pontos mais afastados, uma vez que os pontos mais distantes adquirem valorização superior.
Para o vereador com a área funcional do Desporto, na Câmara Municipal de Esposende, Rui Losa, o sucesso da prova decorre da “excelente parceria com a associação Amigos da Montanha”, traduzindo-se num “trabalho em prol do desenvolvimento do desporto e da modalidade de Orientação em Esposende”.
António Amador, presidente da Federação Portuguesa de Orientação, salientou a organização dos Amigos da Montanha que, num espaço de três semanas, realizou três complexas provas de Orientação.
Na classificação, destaque para a equipa de Ori-Natura, de Viseu, composta por Carla Macedo e Daniela Silva, que venceram o escalão Seniores Femininos, com 97 pontos. Em masculinos, venceu a equipa de Praças da Armada, composta por Alexandre Cantanhede e Nuno Cruz, com 204 pontos. Na vertente BTT, venceu a equipa da Casa do Povo de Abrunheira, composta por Mário Marinheiro e Paulo Palhinha.