Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Benjamim Pereira inaugurou obras de requalificação da Alameda do Bom Jesus de Fão

_dsc6722
_dsc6741
_dsc6761
_dsc6769
_dsc6841
_dsc6855
_dsc6858
alameda_bom_jesus
 dsc6819 1 1024 2500
2022/05/14

Investimento rondou os 610 mil euros

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende procedeu, hoje, 14 de maio, à inauguração das obras de requalificação da Alameda do Bom Jesus, em Fão, cujo investimento rondou os 610 mil euros.

Uma semana após a inauguração da obra de requalificação do Campo de S. Miguel, em Marinhas, Benjamim Pereira assinalou a conclusão de mais uma obra executada ao abrigo dos Planos de Ação de Regeneração Urbana (PARU), que teve comparticipação a 85% do FEDER, no âmbito do programa Norte 2020.

A intervenção contemplou a renovação do piso, instalação de novo mobiliário urbano e de iluminação pública e a requalificação do coreto. Foram retirados os gradeamentos existentes, proporcionando uma ligação do jardim à Rua Campos Morais, com acesso para pessoas com mobilidade reduzida para a rua Dr. Henrique Barros Lima, e, na Rua da Pousada, também foram eliminadas as barreiras arquitetónicas.

O Presidente do Município realçou que esta intervenção era uma “aspiração antiga das gentes de Fão”. Assinalando que nas imediações se localizam estruturas de grande importância histórica e arquitetónica, como o Templo do Bom Jesus, além da Pousada da Juventude, Benjamim Pereira assinalou que o espaço ganha “importância acrescida” ao acolher a obra de arte intitulada “A Noiva”, do artista Ascânio MMM, um filho da terra radicado no Brasil e cuja obra é reconhecida mundialmente.

O autarca notou que esta alameda acolhe importantes atividades anuais, como a Festa do Bom Jesus de Fão e a Festa do Marisco, assim como a feira semanal, que agora regressará àquele espaço, sendo também um importante ponto de passagem dos peregrinos, a caminho de Santiago de Compostela. “Trata-se da dignificação do espaço público, de acolher com dignidade quem nos visita e de proporcionar qualidade de vida aos residentes”, afirmou o autarca.

Benjamim Pereira aproveitou a oportunidade para lembrar um conjunto de investimentos que o Município concretizou em Fão e os apoios concedidos às instituições locais, Bombeiros Voluntários e Santa Casa da Misericórdia, assegurando que “Fão tem tido a atenção devida” e que o Município continua a trabalhar com vista à concretização de “processos importantes”, de que é exemplo a futura ponte pedonal sobre o rio Cávado, que fará a ligação ao Parque da Cidade. Deixou também a garantia de que está para breve a conclusão do processo relacionado com o Campo do CF Fão.

A terminar, expressou agradecimentos ao anterior e ao atual executivo da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Apúlia e Fão, pela colaboração em todo o processo desta obra. Ao novo executivo, liderado por Valdemar Faria, Benjamim Pereira dirigiu palavras de apreço e de incentivo, vincando que partilham o “sentido de missão em prol das populações”. Agradeceu, ainda, à Fábrica da Igreja de S. Paio de Fão e à Real Irmandade do Senhor Bom Jesus e dirigiu um agradecimento especial aos fangueiros pela compreensão face aos inconvenientes das obras.

Neste que foi o primeiro ato inaugural do seu mandato em Fão, o Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Apúlia e Fão, Valdemar Faria, manifestou a sua satisfação pela concretização desta ansiada obra, que, vincou, “superou as expetativas”. Neste sentido, agradeceu ao Município, na pessoa do Presidente Benjamim Pereira, o investimento que veio tornar a Alameda do Bom Jesus ainda mais atrativa. Valdemar Faria notou, contudo, que se revela necessária a reabilitação exterior do Templo do Bom Jesus, apelando, por isso, à intervenção do Município de Esposende e à Real Irmandade do Senhor Bom Jesus de Fão.

Concluiu com agradecimentos e um pedido de desculpa aos comerciantes da feira semanal pelos transtornos causados em resultado da obra da Alameda do Bom Jesus. Expressou, ainda, palavras de reconhecimento e agradecimento ao Presidente Benjamim Pereira e seu executivo pelo trabalho exemplar que tem vindo a desenvolver.

Em representação da Real Irmandade do Senhor Bom Jesus de Fão, o Juiz presidente, Raúl Monteiro, saudou a requalificação, realçando que era uma obra necessária e que veio embelezar aquele espaço, tornando-o mais moderno e uma mais-valia para Fão. Agradeceu, por isso, ao Presidente da Câmara Municipal de Esposende, saudando ainda a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Apúlia e Fão, bem como os demais dirigentes da Real Irmandade e todos os envolvidos neste projeto.

A bênção da obra esteve a cargo do Padre Rui Neiva, do Arciprestado Esposende Sul, e contou com animação musical pelo artista fangueiro Tiago Palma Rio.