Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende prepara regresso às aulas em segurança

 dsc5197 1 1024 2500
09 Setembro 2020

_DSC5317

Apresentação dos Programas Educativos Municipais 2020/2021

Numa sessão restrita, por força das contingências da pandemia, o Município de Esposende procedeu, esta manhã, no Auditório Municipal, à apresentação dos Programas Educativos Municipais 2020/2021, a qual assinalou o arranque do ano letivo.

Notando que este é um ano atípico, o Presidente da Câmara Municipal apelou ao envolvimento e cooperação dos docentes para salvaguardar a segurança e saúde de toda a comunidade educativa, evitando o agravamento da situação pandémica. Referiu, a propósito, que o concelho de Esposende registou, até ao momento, 99 casos positivos, e que o objetivo é continuar a controlar e a combater o vírus de forma responsável e eficaz, como até aqui.

Benjamim Pereira manifestou total disponibilidade da Câmara Municipal para, dentro das suas capacidades e recursos, cooperar com as escolas neste contexto, que exige de todos muita responsabilidade e os necessários cuidados. Neste particular, e destacando o relevante papel dos professores na sensibilização e responsabilização, pediu “coragem” aos professores, apelando também ao seu profissionalismo e dedicação, reforçando ainda mais este espírito de cooperação. Neste ensejo, expressou uma palavra de reconhecimento ao professor Albino Neiva, que cessa as funções docentes e de direção no Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira, num agradecimento geral a todos os dirigentes escolares pelo seu trabalho e dedicação.

Não obstante algum receio e incerteza pelo contexto de pandemia existente, o Presidente da Câmara Municipal mostrou-se otimista e confiante de que o ano letivo irá decorrer bem, dentro da normalidade possível, apesar das condicionantes que inviabilizarão o desenvolvimento de algumas das atividades curriculares habituais.

O autarca deu nota dos investimentos do Município para garantir uma Educação de qualidade a toda a comunidade educativa do concelho, seja através da aposta em projetos e programas, de onde ressalta o Programa de Combate ao Insucesso Escolar “Rumo ao Sucesso”, seja por via da disponibilização de recursos e beneficiação dos equipamentos escolares. A título de exemplo, citou alguns apoios como a oferta de fichas de atividades e de material escolar, a atribuição de Bolsas de Estudos para o Ensino Superior e o fornecimento de refeições escolares, entre outros. Dentro desta estratégia promotora de uma Educação de qualidade, a autarquia procedeu, no último ano letivo, à aquisição de 200 computadores para as escolas do 1.º ciclo, que foi posteriormente reforçada, com a compra de mais equipamentos, para garantir o acesso dos alunos carenciados ao Ensino à Distância. Em jeito de desabafo, Benjamim Pereira lamentou que nem sempre a Administração Central garanta os recursos financeiros para o necessário investimento que lhe compete, no caso na vertente da Educação, razão pela qual o Município terá de avaliar muito bem uma eventual transferência de competências, salientou.

Ao nível de intervenções, Benjamim Pereira referiu que a beneficiação da EB de Gemeses está praticamente concluída e que na EB de Pinhote - Marinhas, as obras, ao nível do interior, estarão concluídas a tempo do início das aulas, prolongando-se os trabalhos no exterior. Deu ainda nota de que estão também a ser realizadas pequenas intervenções noutros edifícios e equipamentos escolares concelhios e revelou que, no que se refere à EB do Facho, em Apúlia, a autarquia espera lançar em breve uma nova empreitada para conclusão dos trabalhos, em virtude do processo de insolvência da empresa vencedora do concurso inicial. Ainda neste contexto, o autarca referiu que está bem encaminhado o processo para a segunda fase das obras de requalificação da Escola Secundária Henrique Medina, com possibilidade de obtenção de financiamento.

A Vereadora da Educação, Angélica Cruz, referiu que este ano letivo constitui um “enorme desafio” e “exigirá uma grande congregação de esforços, até porque as exigências aumentaram imenso, mas os recursos e meios não se alteraram”. Destacou, por isso, o “inestimável e profícuo trabalho” dos diretores escolares nesta fase de planificação e enalteceu o seu importante papel nos bons resultados alcançados pelas escolas concelhias ao nível da estatística nacional de avaliação. Aproveitou a oportunidade para agradecer a todos e, de modo particular, ao professor Albino Neiva pelo trabalho que desempenhou à frente do Agrupamento de Escolas António Correio de Oliveira.

Reforçando as palavras do Presidente Benjamim Pereira, a Vereadora da Educação afirmou o empenho do Município para o desafio deste ano letivo e agradeceu a disponibilidade e empenho quer das escolas, quer das IPPS, Juntas de Freguesia; Associações de Pais e demais parceiros, para acautelar as necessárias medidas de segurança e saúde nos estabelecimentos de educação e ensino. Por força das contingências da Covid-19, haverá projetos inviabilizadas, como é o caso da natação, mas, assegurou, estão ser avaliadas as condições de Segurança e Saúde para garantir as sessões de hipoterapia e hidroterapia para as crianças com Necessidades Educativas Especiais, tal como a continuidade do Programa de Combate ao Insucesso “Rumo ao Sucesso”, cujo término estava previsto para maio de 2021, mas que deverá ser estendido até ao final do ano letivo.

Na apresentação do “Rumo ao Sucesso”, a técnica Marília Capitão referiu o crescimento exponencial no segundo ano de materialização do projeto, o que atesta o seu excelente acolhimento. Novidade neste ano letivo e último do projeto, será o rastreio ao nível da linguagem e da fala no universo dos alunos do 1.º ciclo, estando também previstos dois cursos de formação para docentes neste âmbito. De resto, as demais valências do projeto terão continuidade, sendo que as visitas de estudo serão substituídas por outras atividades, em consonância com a conjuntura.

Através de uma visita guiada ao portal educativo do Município (https://esposende-educa.pt/), o técnico Diogo Zão fez a apresentação dos Programas Educativos, que se encontram alinhados com o Plano Estratégico Educativo Municipal, e que assentam em cinco grandes eixos: Equidade e Sucesso Educativo; Cultura, Património e Identidade; Ambiente e Ordenamento do Território; Saúde, Desporto e Estilos de Vida Saudável; e Cidadania e Responsabilidade Social. Apelou à comunidade docente para a promoção e divulgação do portal e do vasto conjunto de conteúdos aí disponíveis e deixou o desafio para a apresentação de contributos que possam enriquecer, ainda mais, o EsposendEduca.

Nesta sessão, houve também oportunidade para inteirar os presentes das medidas em curso e que vão ser implementadas no ano letivo ao nível da segurança, saúde e higienização dos estabelecimentos escolares. A técnica Joana Miranda deu nota das linhas principais do Plano de Contingência definido para as escolas, que será complementado com o acompanhamento personalizado do Município, através de uma equipa que, ao longo de todo o ano letivo e de forma permanente, estará disponível para colaborar e atender às solicitações.