Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Mini hortas ecológicas marcam Dia Mundial do Ambiente

Mini horta  1  1 1024 2500
05 Junho 2020

mini horta (3)

Como forma de assinalar o Dia Mundial do Ambiente, que hoje se comemora, a Esposende Ambiente, através do Centro de Educação Ambiental, desafiou a comunidade escolar a construir em família uma mini horta vertical ecológica.

Tratou-se de mais um desafio do programa “Dia a Dia Pense Verde Todo o Ano” e que visou incentivar toda a população para o cultivo saudável de alimentos, para a reutilização de materiais e para a integração da comunidade na natureza.

Esta iniciativa, dirigida a toda a comunidade educativa concelhia e respetivas famílias, contou com a participação de 21 alunos que, depois de criarem e trabalharem nas suas hortas ecológicas ao longo de algumas semanas, remeteram as fotografias e a descrição dos trabalhos realizados para o Centro de Educação Ambiental. Criatividade, dedicação e muita alegria marcaram este desafio e os participantes estão todos de parabéns.

As fotografias das hortas ecológicas podem ser consultadas na página eletrónica da Esposende Ambiente e no blogue do CEA em www.esposendeambiente.pt/cea/

O Dia Mundial do Ambiente foi criado em 1972 para sensibilizar e encorajar ações que promovam a sustentabilidade ambiental no planeta, tendo como principal propósito alertar as populações e os governos para a necessidade de proteção e preservação do ambiente.

O tema para 2020 é a “Biodiversidade” e as celebrações mundiais, apesar de ajustadas à necessidade de cumprir as medidas de combate à pandemia, vão decorrer na Colômbia. Na impossibilidade de se realizar como planeado, com as várias iniciativas preparadas no país anfitrião, o Dia Mundial do Ambiente é festejado um pouco por todo o mundo pela via digital, adaptando-se à nova realidade mundial. Assim, os cidadãos são convidados a participar nestas festividades (utilizando as hashtags #WorldEnvironmentDay & #ForNature), “juntando as nossas vozes pela natureza e fazer pressão para acelerar a grande ambição de proteger a biodiversidade”, apela a Organização das Nações Unidas, sublinhando que “É tempo de acordar e agir. É tempo da natureza!”.

As preocupações do homem para com o ambiente têm vindo a aumentar. É crescente a tomada de consciência de que é necessário proteger o planeta, uma vez que o modo de vida tal presente não é sustentável com o futuro da humanidade e do próprio planeta. Com um milhão de espécies de plantas e de animais em perigo de extinção em todo o mundo, nunca houve momento mais importante para dedicar à proteção da biodiversidade. Este será um ano crucial para a preservação e restauro da biodiversidade, já que o mundo vai avaliar e renovar os seus compromissos durante a 15.ª reunião da Conferência das partes (COP15) da Convenção sobre a Diversidade Biológica, em Kunming (China), em outubro. Além disso, este ano celebra-se o início da Década das Nações Unidas para o Restauro dos Ecossistemas (2021-2030), uma iniciativa para ampliar a recuperação dos ecossistemas degradados e destruídos, como parte do combate à crise climática.

Estes objetivos cruzam-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, que o grupo municipal verteu para os seus programas de ação.