Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende convida a ouvir “Fado nas Fontes”, em Belinho

Fado nas fontes 1 1024 2500
06 Agosto 2019

Um espetáculo de fado, intitulado “Fado nas Fontes”, é a proposta do Município de Esposende para o próximo sábado, dia 10 de agosto, que decorrerá a partir das 22h00, nas Fontes do Calvário, em Belinho, com entrada livre. Num cenário idílico, a jovem fadista poveira Sílvia Raquel promete proporcionar um espetáculo memorável aos amantes deste estilo musical.

Este espetáculo insere-se na estratégia de descentralização cultural do Município, concretamente no programa “A Música vai a…”, integrando também a agenda do Esposende Verão, tendo subjacente o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU “Educação de Qualidade” e “Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade”.

Licenciada em Educação de Infância e pós-graduada em Educação Especial, Sílvia Raquel esteve sempre ligada à música. Em 2011, concluiu o conservatório de música na Escola de Música da Póvoa de Varzim, onde foi aluna de canto. Integrou a Banda Musical da Póvoa de Varzim como executante de clarinete, ao longo de 18 anos, e participa, desde 2001, em tocatas das rusgas de S. Pedro, naquela cidade.

O fado esteve sempre presente na sua vida e, embora goste de outros géneros de música, o fado é, de facto, aquele que nasceu consigo e a preenche, tendo como referências Ana Moura, Amália Rodrigues, Kátia Guerreiro, Marisa, entre outros. Aos 14 anos iniciou-se a cantar este género musical numa casa de fados em Esposende. Desde então, tem vindo a atuar nas mais diversas casas de fado e eventos, principalmente no Norte do país, contando também com atuações para as comunidades portuguesas em Andorra e Canadá. Em 2008, venceu o concurso “Porto Canta Amália”, no Porto, e, em 2013, o “Trofa dá voz ao fado”. Em 2010, Sílvia Raquel lançou o seu primeiro CD intitulado “Trevo da Minha sorte”.