Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende assinala arranque do ano escolar

Ed 1 1 1024 2500
07 Setembro 2018

projetos educativos 1
Apresentados programas educativos a todos os docentes do concelho

O Município de Esposende apresentou a estratégia educativa municipal para o triénio 2018-2021 que passa pela implementação do Projeto de Combate ao Insucesso Escolar intitulado “Rumo ao Sucesso”; pelos Projetos Intermunicipais “+Cidadania”, “No Poupar está o Ganho” e “UP Cávado: Empreendedorismo nas Escolas” e pelo seu Plano Estratégico Educativo Municipal que se encontra em fase de conclusão. Relativamente ao ano letivo 2018/2019, foram apresentados os diversos programas educativos a desenvolver pela Câmara e pelas empresas municipais. Para alcançar o estádio de “Município Educador”, Esposende elege os professores como agentes primordiais para a qualidade das aprendizagens, valorizando a importante ação dos seus órgãos de gestão escolar, dos restantes membros da comunidade educativa e das entidades parceiras como Juntas de Freguesias, Associações de Pais e Encarregados de Educação, IPSS e outras associações que colaboram com as escolas na potenciação das suas atividades.
Perante uma sala repleta de professores, representando todas as escolas e todos os graus de educação/ensino do concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, acompanhado de todo o Executivo, apontou as linhas de ação do Município na área educativa, destacando a importância do trabalho articulado com toda a comunidade escolar.
“Neste ano letivo, colocamos a tónica no combate ao insucesso escolar, com o projeto Rumo ao Sucesso, inserido no Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Cávado. Há, ainda, uma multiplicidade de projetos municipais que focam temáticas que vão desde a alimentação à equitação terapêutica, da cultura à educação ambiental, à Alimentação, à Saúde, à Segurança, ao Património, à Arqueologia; projetos de consciencialização para questões de natureza social; comemoração de efemérides, campanhas de solidariedade, programas de ocupação de alunos nas pausas letivas,…proporcionando uma educação integral dos nossos alunos”, destacou Benjamim Pereira que apontou um compromisso: “trabalhar para a melhoria contínua da qualidade do ensino no nosso Município”.
Aos projetos e programas que o Município de Esposende e as empresas municipais vão implementar, acresce uma consistente política social de apoio a alunos e famílias, que se prolonga desde o pré-escolar, até ao ensino superior, “tornando o ensino verdadeiramente universal, impedindo que qualquer aluno abandone a escola por falta de recursos financeiros”, disse o presidente da Câmara Municipal de Esposende.
A vereadora da Educação, Angélica Cruz, manifestou grande confiança no trabalho dos professores, na sua dedicação e profissionalismo e espera que no final da implementação do projeto Municipal de Combate ao Insucesso possa ser elaborado “um manual de boas práticas” que será uma referência nacional. Para tal, contamos com o contributo de todos, desenvolvendo estratégias em rede”.
O Município de Esposende é precursor na oferta das Fichas de Atividades para todos os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, oferece material escolar a todos os alunos do 1.º CEB com Escalão 1 e 2 de Abono de Família, material didático-pedagógico às crianças do 1.º CEB com necessidades educativas especiais que não utilizam manuais escolares.
O Município de Esposende comparticipa nas despesas de refeição, no âmbito da Educação Pré-Escolar e apoia nas despesas de refeição no âmbito do 1.º Ciclo do Ensino Básico.
Ao nível do transporte escolar, o Município de Esposende garante a oferta aos alunos do ensino básico que residam a dois ou mais quilómetros do estabelecimento escolar, apesar de a legislação em vigor apenas prever tal apoio aos alunos que residam a mais de três ou quatro quilómetros.
O apoio financeiro aos Agrupamentos de Escolas para fazer face a despesas com atividades diversas para a Educação Pré-Escolar e 1.º CEB é uma referência para o Município de Esposende, assim como a atribuição de bolsas de estudo para alunos do Ensino Superior com maior carência económica. Em 2018 foram atribuídas 40 bolsas.
Alargando a área de ação, o Município tem realizado, em parceria com a Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende, o programa de apoio à integração na vida ativa, facultando formação em contexto real de trabalho.
A todos estes apoios, acresce um leque alargado de intervenções da Câmara Municipal no parque escolar e no apetrechamento, com obras de reparação, manutenção e requalificação dos estabelecimentos e alocação de equipamentos e materiais.
No próximo ano letivo, o presidente da Câmara Municipal de Esposende espera contar com a presença de representantes do ensino superior, porque, “durante o próximo ano deverá arrancar o funcionamento da extensão do IPCA e estará em curso a pós-graduação na área social, da Universidade Católica”.
Benjamim Pereira anunciou que as parcelas da Estação Radionaval de Apúlia, cedidas pelo Estado, já estão registadas nas Finanças e na Conservatória, em nome do Município para a instalação do Instituto Multidisciplinar de Ciência e Tecnologia Marinha, onde decorrerá investigação avançada. O autarca anunciou, ainda, que se encontra em curso o processo de cedência pelo Estado à Autarquia, por um período de 50 anos, do Forte de S. João Batista. Aí funcionará o Centro de Divulgação Científica que integrará um conjunto alargado de valências.