Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende manifesta-se contra a pena de morte

Museu municipal 1 1024 2500
28 Novembro 2017

À semelhança de anos anteriores, o Município de Esposende vai associar-se ao movimento "Dia Internacional Cidades Pela Vida - Cidades Contra a Pena de Morte", que se assinala a 30 de novembro. Cumprindo o desafio de expressar a afirmação do valor da vida e a oposição à pena de morte, a Autarquia vai iluminar um edifício público, recaindo a escolha, uma vez mais, sobre o Museu Municipal de Esposende.

O evento é assinalado por iniciativa da Comunidade de Sant'Egídio, desde 2002, lembrando o aniversário da primeira abolição da pena de morte da História, ocorrida no Grão-Ducado da Toscana, em Itália, no dia 30 de novembro de 1786.

Na primeira edição aderiram cerca de 80 cidades, hoje são mais de 2000, entre as quais, mais de 80 capitais nos cinco continentes, as que participam nesta jornada, com iniciativas de carácter educativo, eventos que envolvem monumentos ou praças-símbolo e com intervenções direcionadas para a sensibilização dos cidadãos.

O Dia Internacional “Cities for Life”, Cidades pela Vida – Cidades contra a Pena de Morte, representa a maior mobilização abolicionista a nível internacional. O seu objetivo é o de estabelecer um diálogo com a sociedade civil e envolver os órgãos de governação local, de modo a assegurar que a abolição da pena de morte e a renúncia à violência sejam um valor que identifique da cidade que adere e os seus cidadãos.

O “Dia Internacional Cidades pela Vida - Cidades Contra a Pena de Morte” constitui, juntamente com o Dia Mundial contra a Pena de Morte, a 10 de outubro, a maior mobilização global moderna, com o intuito de encontrar uma forma mais elevada e civilizada de justiça, capaz de, finalmente, renunciar à pena de morte.