Passar para o Conteúdo Principal

História da Loja Social

imagem

No Município de Esposende tem-se procurado potenciar a intervenção em rede fundamentada em pressupostos técnicos, organizacionais e institucionais, que possam gerar a convergência de interesses, de modo a salvaguardarem-se as reais e efetivas necessidades da população concelhia.

A Rede Social de Esposende é um fórum de articulação e congregação de esforços suportada na livre adesão de parceiros como: autarquias, instituições particulares de solidariedade social, escolas, associações e outras entidades públicas ou privadas. Tem como objetivo assumir uma postura proactiva na construção de um território livre da pobreza e da exclusão social, sendo a Câmara Municipal quem preside ao seu Conselho Local de Ação Social, que conta atualmente com cerca de 95 parceiros. Em 2010, ao verificar-se uma lacuna no acesso a bens de primeira necessidade por parte de alguns cidadãos socialmente mais vulneráveis, aliado ao facto de alguns bens excedentários na comunidade poderem ser desperdiçados ou não chegarem a quem efetivamente mais precisa, entendeu a Rede Social de Esposende dar início à conceção de um projeto que colmatasse estas necessidades. A 11 de Dezembro de 2011, com a ocupação de um espaço de 500m2 e ao envolver de forma direta cerca de 35 dos seus Parceiros mediante a celebração de um protocolo, a Rede Social de Esposende reúne as condições para o arranque do projeto - Loja Social de Esposende.

Constituindo-se uma rede de partilha e solidariedade de toda a comunidade, a Loja Social apresenta-se como um complemento à intervenção social no concelho, rentabilizando recursos e eliminando sobreposições na intervenção, potenciando sinergias.