Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende celebra Dia da Cidade e do Município

5 1 1024 2500
19 Agosto 2019

6

Esposende assinala hoje, 19 de agosto, o Dia da Cidade e do Município. O programa comemorativo iniciou-se com o hastear das bandeiras, na Praça do Município, ao som da Banda de Música de Belinho e com o hino da cidade entoado pela fadista esposendense Filipa Menina. Seguiu-se a missa solene, na Igreja Matriz, celebrada pelo Arcipreste de Esposende, Padre Delfim Fernandes, e a sessão solene, no Auditório Municipal de Esposende, na qual foram entregues 14 distinções municipais e que foi abrilhantada por apontamentos musicais protagonizados pelas pianistas Ana Sofia Loureiro e Ana Sousa, e pelos solistas Ernesto Clemente e Ana Sofia Vintena. O programa integra, ainda, o concerto de Rui Veloso, às 22h00, no Largo dos Bombeiros, encerrando com um espetáculo piromusical, na Zona Ribeirinha, pela meia noite.

A título póstumo, o Município homenageou a escritora Agustina Bessa-Luís, com a Medalha de Mérito Cultural, e João Carvalho, ex-presidente do IPCA (Instituto Politécnico do Cávado e do Ave), com a Medalha de Mérito Municipal. Com a distinção de Mérito Municipal foram, também, distinguidos os padres Arlindo Amaro, António Carqueijó, Gil Losa, António Jorge da Torre e Joaquim Vilas Boas Lima, bem com António Boaventura, ex-presidente da Associação Esposende Solidário, Raúl Risso, antigo Capitão do Porto de Viana do Castelo, e a Associação Humanitária dos Dadores de Sangue de Esposende, que este ano assinala 25 anos de atividade, tal como o Clube de Caça e Pesca de Antas, que foi agraciado com a Medalha de Mérito Desportivo. A mais alta distinção municipal, a Medalha de Honra, foi atribuída ao Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, que, tendo estado ausente da cerimónia por motivos pessoais, a receberá aquando da visita pastoral ao Arciprestado de Esposende, que acontecerá em setembro ou outubro. Como habitualmente, no Dia da Cidade e do Município, a Câmara Municipal distingue, ainda, os colaboradores que completam 25 anos de serviço, sendo que, este ano, foram agraciados Carlos Bajão e Durval Morgado.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, sublinhou que todos são dignos de reconhecimento público e apontou-os como exemplos, vincando que “não há percursos definidos, funções específicas ou profissões certas para ser um cidadão exemplar”. O autarca justificou que a Associação Esposende Solidário e a Escola Profissional de Esposende, que este ano celebram o 25.º aniversário, não foram distinguidas dado que a sua génese e gestão é, em grande parte, do Município.

Os 447 anos do Município e o 26.º aniversário da elevação a cidade constituem motivo de comemoração, mas também a oportunidade para fazer o balanço do trabalho autárquico. Benjamim Pereira notou que tal tarefa nunca estará concluída e não deixou de apontar o dedo a quem critica o trabalho do executivo. Afirmou que Esposende continua a registar um “enorme desenvolvimento”, dando como exemplo as intervenções em curso, nomeadamente a construção do canal intercetor, a requalificação e beneficiação da doca de pesca, a requalificação da Escola Secundária Henrique Medina, a execução do troço Apúlia-Fão da Ecovia do Litoral e o saneamento básico no lugar do Monte, em Marinhas. Apontou também um conjunto de intervenções que se encontram em fase de conclusão, bem como as obras ainda por inaugurar, as recentemente inauguradas e as que se iniciarão a breve/médio prazo, que expressam o forte investimento do Município. O Presidente da Câmara Municipal aproveitou a oportunidade para apresentar o ponto de situação de “seis projetos da maior importância para Esposende”, designadamente Parque da Cidade, Estação Radionaval de Apúlia, Forte de S. João Baptista, nova ponte sobre o rio Cávado, Zona Desportiva Municipal e Zona Industrial de Curvos/Vila Chã, processos que estão bem encaminhados e aos quais acresce o novo Plano de Investimento nas Freguesias, definido em conjunto com as juntas e uniões de freguesia e instituições concelhias.

Esposende vive “um dos momentos de mais forte investimento de sempre”, estando em causa mais de 25 milhões de euros em obras, afirmou Benjamim Pereira, sublinhando que a ação do Município se estende a todas as áreas, desde a cultura à educação, do desporto à área social, passando pelo desenvolvimento económico. Adiantou que Esposende se prepara para abraçar o projeto, inovador e único no país, Smart Cities e reiterou o empenho e determinação do executivo municipal em conferir ao concelho “uma marca de modernidade, de inovação e de desenvolvimento”. Sublinhou, contudo, que os recursos financeiros são limitados, pelo que importa saber aproveitar as oportunidades de financiamento. Lembrou, de resto, que a boa situação financeira do Município é fruto de uma rigorosa gestão: “não houve, não há, nem nunca haverá dinheiro de sobra, há apenas um orçamento para gerir e opções que devem ser tomadas”. Apelou, por isso, ao envolvimento de todos na construção de um “Município de excelência, para benefício e usufruto da população atual e dos nossos vindouros”.

Benjamim Pereira deixou, ainda, agradecimentos às juntas de freguesia, às empresas municipais, à Zendensino e à Esposende Solidário, e palavras de apreço ao Presidente da Câmara Municipal de S. Domingos – Cabo Verde, que marcou presença na cerimónia, afirmando o empenho do Município no aprofundamento das relações da geminação.

Em jeito de reflexão e balanço, o Presidente da Assembleia Municipal de Esposende, Agostinho Silva, traçou um quadro bastante\\ positivo da ação do executivo liderado por Benjamim Pereira, bem como do órgão a que preside, que tem sabido, “muitas vezes com posições unânimes, colocar o interesse de Esposende e dos seus munícipes acima de táticas políticas ou de interesses partidários”. Lembrando que o último ano foi marcado por decisões e deliberações importantes, entre as quais a questão da transferência de competências para os municípios, Agostinho Silva referiu que se perspetivam novos desafios, que “exigirão um recentramento na sustentabilidade da vida política e da gestão pública”.

Saudando Esposende pelas comemorações do Dia da Cidade e do Município, o Presidente da Câmara Municipal de S. Domingos – Cabo Verde, Clemente Garcia, deu nota do “profundo reconhecimento, dedicação e altruísmo pelo aprofundamento das relações de geminação” e referiu que é possível ir mais além. Desafiou, por isso, os jovens esposendenses a partirem à descoberta do Município de S. Domingos, numa perspetiva de conhecimento de outras realidades e culturas, e estendeu o convite aos empresários e comunidade em geral, exortando-os “a procurarem as oportunidades que temos para oferecer”.